Novos Ventos de Publicação

brainSempre apregoei que o molde das editoras tradicionais está falido, em um agonia administrativa e existencial que a maioria, médias a grandes, tendem a encolher e sumir. Ainda sobrevivem pois milagrosamente conseguem enxergar que a mudança mercadológica está às suas portas.

Mas não vou convencer a quem aceita apenas esse molde de publicar, escritores e aspirantes, que existem outros caminhos. Os tempos mudam e tendências novas pipocam por toda a internet. Novas formas de publicar, outras formas de se fazer conhecido (o famoso marketing pessoal) que com paciência e dedicação, é possível tornar-se conhecido. Uma coisa que aprendi ao longo desses anos é não querer tirar alguém do atoleiro, se esta não te dá valor ao que fala. Deixe que esta se convença sozinha a sair.

A quem quer se lançar a essa empreitada, deve-se valer de outros conhecimentos. Estratégias de divulgação em mídia social, marketing digital, análise de fluxograma de tráfego de posts, etc. E por aí vai. Vale até ler sobre as economias de outros países para enxergar as próximas tendências, que vai fazer ou não seu livro vender.

Trabalhar com as redes sociais demanda tempo e trabalho. Nada vem fácil e o que se almeja tem de se trabalhar. Tem toda a sua estratégia de postagens, as chamadas para os posts e até horário e dia certos para determinados posts.

Outra tendência é o modo que sua escrita tem de se adaptar aos novos tempos.

A sensação é que esteja declinando, pois vemos escritores muito ruins ganhando espaço. Mas que o modo da escritas dos mesmos e de outros acompanham o novo modo de se ler. Tudo em uma adaptação que permite ler-se mais rápido, em partes cada vez mais pulverizadas e a linguagem que atinja esses novos leitores.

E sabendo esse novo modo de ler, e porque não adaptar uma boa literatura.

Evoluir é isso.

Aqueles que não possuem paciência e neurônios para tal, que fique apenas com a página no Facebook.

Anúncios

3 thoughts on “Novos Ventos de Publicação

  1. Interessante essa nova forma de publicar, pois o que tenho visto é que realmente, muita coisa de péssima qualidade tem sido escrita, mas ao mesmo tempo, temos muito mais oportunidade de conhecer bons autores e boas obras que, dependendo do esquema tradicional de publicação, poderiam nem chegar a ser publicados, não é mesmo? Além disso, a vantagem da interação virtual entre o autor e seus leitores permite uma troca de opiniões e impressões que fornece um retorno excelente do autor quanto ao seu trabalho, além de saber exatamente onde está agradando e onde precisa melhorar, visando o seu próprio mercado. Acredito que nesse aspecto até os blogs literários estejam colaborando para a disseminação dos novos autores, pois uma simples resenha ou comentário numa rede social faz o livro ser divulgado a muitas pessoas, provocando uma reação em cadeia e uma publicidade que, tradicionalmente, só seria possível depois de anos e anos de muito esforço. Amo o livro e amo o papel, mas amo mais ainda saber que hoje o acesso à literatura está muito mais simples. Basta apenas nos adaptarmos a isso e aproveitar as vantagens.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s