Rio: Zona de Guerra, de Leo Lopes – Resenha de livro

Rio_Zona-de-guerraAvec Editora
206 páginas
Em um futuro distante, opressor e de separações sociais que dividem a sociedade carioca, um crime bárbaro ocorre em uma área considerada privilegiada. As decisões e vidas são controladas por corporações que mandam e desmandam aos que são obrigados a sobreviver nesse regime de opressão.
Um detetive contratado por uma prostituta, é obrigado a enfrentar todo o esquema de controle corporativo, valendo-se de recursos alternativos e criativos, para obter a verdade por trás de um crime que esconde mais que aparenta.
O detalhamento técnico de ambientação e de certos elementos inseridos faz com que a história em si demora para desengrenar. A partir do momento em que o leitor se insere no contexto da história, o desenvolvimento do enredo desenrola como uma aventura alucinante, apimentada de desdobramentos de ação e desfile de personagens típicos na cultura carioca. A ambientação futurista traz um clima de opressão e desesperança, que seriam típicos de uma obra distópica.
Pela preocupação em detalhamento técnico para dar o ar futurista desanuviam a compreensão da trama real do livro. Os desdobramentos investigativos por sua vez, que é a proposta de ser um romance policial, desenvolve-se dentro do esperado, com os típicos elementos e clichês comuns do gênero.
O ponto positivo do livro é  o modo criativo em se elaborar uma trama investigativa em um ambiente futurista distópico, onde o fluxo de leitura não deixa pausa para maiores reflexões filosóficas, com sequência de narrativa em ritmo alucinante, fato que não entendia em momento algum.
A conjunção de todos os elementos fazem deste livro uma leitura fora do comum do gênero policial, resultando em uma história de aventura energética recheada de elementos nacionais, prometendo momentos de desapego da rotina usual, um divertimento literário garantido.
Quer conhecer mais?
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s