O Carteiro e o Poeta, de Antônio Skármeta – Resenha de livro

Carteiro-e-o-Poeta128 págs.

Editora Record

Falando em poética e lirismo, nada melhor em se falar em escritores.

Junte o tema, a inclusão de nada menos que Pablo Neruda, um dos maiores poetas chilenos, a uma ambientação quase idílica de um lugar afastado do progresso ocidental. Somando à interação de um jovem carteiro, dotado de admiração pelo poeta, completam uma história narrada com a eficiência e poética por um autor que soube envolver uma rara sensibilidade na gestão de uma amizade pouco provável.

O simplismo do carteiro, aliado a imensa vontade no aprendizado da poética, entra em choque a experiente capacidade literária do poeta. Mesmo sendo improvável, a amizade de ambos torna-se algo muito maior e que transforma tudo ao redor de suas vidas.
Tanto se prova que a amizade surge em lugares e momentos que menos se imagina, mas que baseadas em algo puro e legítimo como a poesia, fortificam em propósitos e evolução pessoal.
Escritores em geral, principalmente os atentos à poética que vida pode trazer, se beneficiarão imensamente se abertos a experiências inesperadas, que aqueles que o captam, transformam em obras de intenso valor humano, em palavras cheias de lirismo e que faz sentido ao fundo da alma.

Anúncios

2 thoughts on “O Carteiro e o Poeta, de Antônio Skármeta – Resenha de livro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s