A Menina do Capuz Vermelho e outras histórias de dar medo, de Ângela Carter – resenha de livro

A-menina-do-capuz-vermelhoEditora Penguin – Companhia das Letras – Clássicos
142 págs.

Nem fadas e nem monstrengos participam destas histórias, que possui uma contextualização que mostra o quanto de pior pode-se mostrar da natureza humana. Junte-se sim um toma de magia para que se extrapole algo que poderia ser trágico e que d como gostaríamos que tivessem um desfecho de plena justiça, seja por castigo ou por redenção.
Dependendo da cultura de que se originam, certas fábulas afloram uma certa obscuridade que ronda a fantasia de muitos poucos. A bondade é posta à prova para que prevaleçam sobre os mais angustiantes desafios. Certos aspectos são repetitivos ou notórios replicadores, tal como o objeto que transfigura a personagem,a ssim como a inveja monstruosa, que destrói suas vítimas.
As fábulas funcionam também como simulados para a vida adulta, onde nem sempre reina o que é justo ou que todos merecem a bondade de uma vida melhor. É uma forma de no mínimo pensar de como o tramar do ser humano é capaz e quais consequências que se origina tudo isso.
Viver preso a uma bolha de ignorância não prepara os mais novos e põe à prova mesmo para aqueles que se dizem adultos. O confronto de situações dá mais experiência no lidar de situações difíceis e que exigem a astúcia da sobrevivência.
Infelizmente as histórias da vida real são mais assustadoras que as fábulas. Por mais que se tente adaptar nossas psiques para o pior, a natureza humana sempre consegue superar o que deveria pertencer à fantasia das histórias de faz de conta.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s