Clãs da Lua Alfa, de Philip K. Dick – Resenha de livro

Clas_da_Lua_Alfa_Philip214 págs.
1987
Editora Francisco Alves

Em um retrofuturismo especulado pelo autor, a Terra convive com a presença de alienígenas de todos os tipos. Um dos pontos de conflito da história, Lua Alfa III M2 é habitada inicialmente por pacientes enviados por um hospital psiquiátricos. Em um novo ambiente, na Lua Alfa, eles são largados à própria sorte. Com o passar doo tempo, os tipos de transtornos mentais se organizam em grupos sociais. Cada grupo é conhecido como Clãs e possuem tipos bem delineados. Os Infantilistas, Os Paranóicos, Os Depressivos, Os Hebetizados, Os Maníacos, Os Esquizitóides; esses são parte dos Clãs que formam a sociedade que governa a Lua Alfa.
Em um outro ponto da trama, o personagem Chuck Rittersdorf, programador de simulacros da CIA e roteirista free-lancer de produções de TV, vive um drama pessoal. Recém divorciado brutalmente da fria e calculista Mary, ele está a ponto de se suicidar em um apartamento barato e sujo. Salvo por pouco por um dos ocupantes do prédio, um alienígena chamado Lorde Gosma Veloz , psiônico gelatinoso proveniente do sistema de Ganimedes.
A sucessões de situações na vida de Chuck desenvolvem em um ritmo frenético de angústia profunda pessoal, conspirações por parte da CIA, além de subtramas que entrelaçam em sua vida, que estimam mais que o próprio personagem pode imaginar para si.
O ponto alto da trama é a confirmação de que a Terra quer assumir o controle da Lua Alfa III M2, a contragosto e terror de seus habitantes.Eles temem que retornem à época em que eram tratados como doentes mentais e é algo que não querem pois alcançaram uma liberdade jamais respeitada na Terra. Os Clãs tentam se organizar para que tal feito por parte da Terra não obtenha sucesso esperado.
A leitura desse livro foi fascinate em termos de conhecer o estilo do autor na forma de uma história mais longa que em seus contos. Digo que ele tem uma narrativa e desenvolvimento dos fatos um tanto mais confuso e intrincada que em seus contos. Havia momentos que as passagens de situações eram abruptas e narradas secamente, que tinha que retornar algumas vezes para ter certeza do o que ocorrera posteriormente.
Algo que é inegável e o que me atraiu para esta leitura foi a criatividade e profusão de alienígenas e especulações futuristas, que meio que beiram viagens alucinatórias geradas por drogas. E de fato há menção de drogas, onde o personagem as toma como um conforto à sua vida frenética e conturbada.
Mas outro fato que é muito evidente é a forte convicção do sentido conspiratório que paira sobre a trama. O personagem poderia ter se afundado em seu drama pessoal ou simplesmte ter saltado de seu apartamento. Mas o que ocorre é a luta dele pela inconformidade pelas tramas que brincam e massacram com sua vida. Além disso, tem o desejo de ter de volta a sua mulher, que friamente o descartou para que ele próprio prosseguisse em sua carreira para gerar mais dinheiro para a família. Existe o fato dela mesma prosseguir sua carreira como analista psiquiátrica, administrando tratamentos psiquiátricos na Lua Alfa.
No geral, foi uma leitura prazerosa em termos de Philp K. Dick. Elucidativa em termos em conhecer seu estilo em histórias mais longas, de fato ele se sai melhor na forma de contos. É engraçado saber que um formato de história e estrutura narrativa como a do conto pode gerar histórias quase tão interessantes do que livros mais longos. Não que este seja de qualidade menor, mas que acredito que um livro mais longo dá margem a que a trama pode ser perder um pouco e dar margem a passagens que pouco têm de importância no geral da história.
Apesar de alguns pequenos problemas de adaptação e tradução, esse livro afirma a minha adoração por um autor que considero simplesmente genial.
Esse seria um livro merecedor de uma nova edição, melhor revisada e com um projeto gráfico decente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s