A Hora da Tormenta, de Luiz Maldonalle – Resenha de livro

Jpeg

Jpeg

Autobiografia
304 páginas

Uma boa história degustado aos poucos, com a essência de livro estrangeiro
O leitor mais desavisado acharia de que se trata de um  livro escrito por um americano.
Mas não.
A escrita competente do autor nos seus detalhismos em nada deve a um típico escritor americano.
Reproduz uma trama ambientada em solo americano não é preciso dizer que por sua precisão em detalhes enfoca bem a ambientação tipicamente estadunidense.
Tanto por sua competência acresce se o tratamento e enfoque os personagens uma densidade que os tornam carismáticos e bem encaixados na trama do modo geral.
O tratamento que a história possui nenhuma vulgaridade que o desabone
O clima de expectativa conduz pela evolução da história, prende a  atenção em volteios onde a calmaria de um eminente tormenta que culmina em um resultado imprevisível do destino dos personagens.
A aparente sensação de estar no olho da turbulência da história faz com que leia se até o último parágrafo
Os personagens com suas personalidades e papéis bem delineados, evoluem sem problemas na rolagem da trama principal, onde a intensidade emocional dos personagens convence.
Se fosse comparar a maturidade da escrita de um autor, independendo da temática, é fazer uma história que conduz a uma boa viagem em suas letras e parágrafos. A densidade pessoal do autor resplandece em sua escrita, que evolue a cada dia.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s