A Caixa de Papelão, De Arthur Conan Doyle – Resenha de livro

caixa-de-papelao_SherlockEditora Zahar

29 págs.

E-book

 

Ler um clássico da literatura policial é como pisar em terreno seguro e principalmente se o está habituado à sua narrativa, estrutura de personagens e ambientação, sob a escrita detalhista de enredo de teor cerebral e para poucos.

Deparar com uma trama inteligente e que conduz o leitor por todas as linhas, é algo raro e pouco comum dentre tantos livros contemporâneos.

O caso insuspeito de um recebimento de uma encomenda revela-se macabra e insólita, nas mãos de uma respeitável mulher. Em casos em que quase ou nenhuma pista que refute a vítima, pode ser deixada de lado um crime sórdido praticado sob a tensão psicológica que explique a insuspeitabilidade da vítima.

Nada que seja aparente seria eximido de alguma suspeita, por mais frágil seja qye sustenta a dúvida razoável.

A solução do insuspeito é surpreendente e recompensador para este tipo de leitura

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s