10 dicas para escrever Ficção Científica

A ficção científica é o tipo de literatura das grandes idéias. Para chegar a uma história incrível muitas vezes é o maior obstáculo no caminho dos sonhos do escritor.

O truque não é apenas para chegar a uma grande ideia, mas a partir de alguma que viva em sua mente e leva a personagens e situações que o inspirem. Então, aqui estão 10 maneiras para gerar suas próprias idéias de história.
É verdade que as idéias é parte fundamental na estrutura de uma história de ficção científica. Tome a idéia de “primeiro contato com uma raça alienígena.” Há um milhão de possíveis variações dessa ideia por si só: Eles vêm até nós. Vamos a eles. Eles são de uma raça super-avançada. Eles se comunicam usando apenas cores. Eles acham que emoticons são a nossa linguagem. E assim por diante.
A parte mais difícil é fazer da ideia em sua cabeça crescer sob ângulos e direcionamentos inesperados. Em certo sentido, como encontrar uma ideia que seja realmente boa e agrade a você.

Então, aqui estão algumas dicas, que espero serem úteis:
FC1_181nb4n7gcnwrjpg1. Olhe para as grandes perguntas sem resposta

Como, por que não ouvimos de outras civilizações inteligentes ainda? E o que vai acontecer no final do universo?  E assim por diante.

Quanto maior e mais insolúvel a questão, o menos provável é que a sua resposta vai ser refutada na próxima semana. Uma vez que você chegar a sua própria resposta para um grande enigma cósmico, então poderia trabalhar de trás para frente. Criar uma história a partir dela – e a parte mais difícil é provavelmente é manter a sua história grande e audaciosa. Mas também encontrar uma maneira de torná-lo pequeno e pessoal, sem recorrer a “aprender a verdade sobre a constante cosmológica, que também me ajudou a perceber algo sobre meus problemas com o pai”. Todo mundo adora uma grande e audaciosa história, desde que seja bem escrita. 

FC_181nb4t4jesorjpg2. Imagine uma nova descoberta científica ou tecnológica. A partir dela, fazer de sua vida um inferno

Não é difícil imaginar uma nova descoberta científica. É fácil o suficiente em pensar sobre algumas que seriam óbvias, como desenvolver uma extensão radical de anos de vida ou um “aprender enquanto você dorme”, mas um processo que funcione. Mas tente imaginar como uma nova ciência poderia destruir sua vida – como ela poderia fazer a sua vida, pessoalmente, um inferno. E, em seguida, tentar transformar isso em uma história sobre um personagem fictício. É sempre mais interessante ver as pessoas lutando com a nova tecnologia do que vê-los felizes, utilizando-a.

FC_181n4g5bpvkgwjpg3. Leve o seu maior medo em relação ao futuro e levá-la ao extremo

Esta é uma uma dica específica, exceto que estará extrapolando os seus medos pessoais. Você se preocupa se vai estar sozinho e sem amor quando for mais velho? Ou que sua carreira estagne? Ou que vai ser uma daquelas pessoas que tinham um emprego decente e agora trabalha em um inferior ao anterior?
Pegue o seu medo sobre o seu futuro pessoal e torne-o enorme, global, se não cósmica. Use esse medo como o meio para uma história sobre algo que vai terrivelmente errado com o mundo em geral.
Sua história final não precisa ser deprimente. Mas esse temor visceral pode ser algo pessoal, mas muitas outras pessoas podem ter medos semelhantes.

 

FC_181nb510jdkyojpg4. Ao invés de especular sobre a ciência, tente sociologia, filosofia ou teologia
Como Arthur C. Clarke nos diria, “ficção científica tem a capacidade de tornar cósmica e grandiosa, as explorações das grandes questões”.
Quem somos, de onde viemos, que nos criou, e assim por diante. Por que o tempo que vivemos é em uma única direção? Porque é que existe apenas uma espécie tecnológica neste planeta? O que faz alguém ser uma pessoa boa?
Como nós cobrimos recentemente, uma série de filósofos estão se movendo para o território antes ocupado pela física. Isto é devido ao fato que a física lida também com as grandes questões existenciais. Então, você também pode deixar para trás a ciência “pura” e entrar em grandes questões sobre o significado mais profundo de tudo. O resultado pode ser uma ficção científica mais original do que se você estivesse apenas preso às questões científicas reais.

 

FC_181n4gb8ryagtjpg5. Pense em um ato que nunca aprovaria e então imagine um personagem simpático fazendo esse ato

Todos nós já nos imaginamos fazendo coisas terríveis, o tempo todo. Dependendo de como é reprimido, pode vir como um choque vendo a si mesmo esfaquear seu colega de trabalho. Mas de qualquer forma, é a natureza humana de imaginar-se fazendo coisas tão terríveis, que faz seu corpo inteiro estremecer.
Portanto, tente escolher uma dessas ações, em imaginar como o protagonista de uma história poderia realizá-lo. Então tente pensar em como o seu protagonista faria isso, do modo mais terrível, e ainda permanecer simpático. Coloque algum motivo ficcional científico por que seu personagem principal tem a tendência de esfaquear as pessoas no rosto (uma compulsão, talvez).

 

 

FC_181nb54ylnu97jpg6. Porque você não pode simplesmente ir e fazer o que quiser, na vida real?
Há objetivos que você não pode alcançar, na realidade. A menos que seja rico e famoso , você não pode simplesmente sair do seu trabalho chato e passear pela rua à vontade, sem ter consequências tal como explicar ao chefe essa saidinha. Agora imagine um cenário onde poderia ter tudo que quiser e o que poderia dar errado com isso.

 

 

 

7. Entrar em uma briga com um famoso autor de ficção científica FC_181n4lgpruw3tjpg
Não vá socando um autor fisicamente.

Mas com certeza, entrar em uma briga por suas histórias. Escreva uma história que mostra como você acha que deveria ser, mostrando sua própria visão sobre o assunto. Mesmo que não prove a que todo mundo que sua opinião/história pode estar certa, pelo menos terá um grande história opinativa.

 

 

 

8. Dizer o óbvio FC_181nb5avsys5ljpg
O mundo está cheio de fatos óbvios que todo mundo tenta fingir que não são reais. Temos acesso a todo o tipo de conhecimento e escrevendo essas coisas em computadores que foram feitas por pessoas que trabalharam em condições inimaginavelmente horríveis.
Ainda haverão pessoas que viverão para ver o fim da era do combustível fóssil. As calotas polares estão derretendo mais rápido do que muita gente esperava. E assim por diante. Há coisas que temos todo o tipo de conhecimento, mas nós realmente não tomamos para si pois são grandes e impensáveis.
Ficção é realmente excelente para levar as pessoas comuns a enfrentar esses tipos de realidades, que são por demais loucas para assimilar. E ficção científica, em particular, há muitas maneiras de falar sobre fatos desconfortáveis e estranhos, sem ficar enfadonho ou difíceis de se engolir. Você pode fazer as pessoas se identificarem com um personagem que está bem no meio de futuras guerras por água, por exemplo.

FC_181n4ii680u88jpg9. Comece com cinco consequências não óbvias de um avanço tecnológico ou científico, e se concentrar em uma deles

Esta é uma espécie de semelhante ao “arruinando sua vida”, mas não tem que ser sobre a sua vida, em particular, ser arruinado.
Autores de ficção científica são geralmente muito bons em jogos de guerra, as possíveis ramificações de uma nova peça de tecnologia.
Se as pessoas tivessem implantes cerebrais que lhes permitem entender qualquer linguagem humana, viajaríamos mais? Haveria mais comércio internacional? Menos guerra? Com mais guerra, porque as pessoas sabem quando estão sendo insultados?
Passe uma ou duas horas a pensar em todas as possíveis efeitos em cascata de uma nova tecnologia. Em seguida, escolha um dos menos óbvio para construir sua história em torno dela.

FC_181n4fthj2lrfjpg10. Pense em algo que você costumava acreditar e imaginar se fosse verdade

Todos nós temos crenças que já descartamos ao longo dos anos. Tudo a partir de “Papai Noel é real” para “figuras de autoridade têm sempre razão” para “A física clássica explica tudo no universo.”
Escolha uma crença que você usou como segura, que tem sido refutada por eventos recentes ou que você superou, por algum motivo. Poderia ser uma crença científica, religiosa ou uma filosofia que aderiu. Tente imaginar um universo onde essa crença é comprovadamente verdadeiro. Ou então, projetar em um personagem ter a mesma crença. Aplique toda a energia nessa crença anterior, mas com o distanciamento da emoção, e tentar criar uma história em torno disso.
Às vezes, lembrando um antigo estado de espírito pode ser a maneira mais fácil de criar um universo interno, convincente para um personagem, que possivelmente, a peça inicial de construção de um mundo.

Crédito das imagens:ToyranchMcClavertyDan CenturyModern FredMickey the Pixel e Ussatule no Flickr.

Post original:Charlie Jane Anders – 10/09/12 10:15am -10 Tips for Generating Killer Science Fiction Story Ideas –  http://io9.com/5950104/10-ways-to-generate-killer-science-fiction-story-ideas

Advertisements

7 thoughts on “10 dicas para escrever Ficção Científica

  1. Acabei de enviar solicitação p/ inclui-la no face. Todavia,confesso que raramente uso a página. As vezes vou verificar se tem alguma imagem interessante que eu possa copiar ou uso para divulgar algum documentário, música ou site que gostei. Infelizmente, o facebook é um tanto cansativo. Prefiro e-mails.

  2. Ainda sobre ficção científica, há um pequeno, porém interessante livro de bolso, da coleção “Primeiros Passos” (Brasiliense), intitulado “O que é Ficção Científica”, de Bráulio Tavares. Talvez possa se encontrado nos grandes “sebos”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s